17 abril 2013

Filme: As Aventuras de Pi



''As Aventuras de Pi'', sucesso nos cinemas e ganhador de quatro Oscars, conta a história do jovem Piscine Molitor Patel, um jovem indiano hindu, cristão, muçulmano e judeu criado em um zoológico e único sobrevivente humano do naufrágio de um cargueiro japonês, à deriva em uma embarcação salva-vidas na companhia de um temível tigre-de-bengala. Uma história sobre um jovem em uma viagem fatídica que, depois de um desastre espetacular no meio do oceano, o arremessa em uma jornada épica de aventura e descoberta.

a aventuras de pi
Livro: As Aventuras de Pi

Autor: Yann Martel

Sinopse: Um dos romances mais importantes do século, As aventuras de Pi é uma narrativa singular de Yann Martel que se tornou um grande best-seller. O livro narra a trajetória do jovem Pi Patel, um garoto cuja vida é revirada quando seu pai, dono de um zoológico na Índia, decide embarcar em um navio rumo ao Canadá. Durante a viagem, um trágico naufrágio deixa o menino à deriva em um bote, na companhia insólita de um tigre-de-bengala, um orangotango, uma zebra e uma hiena. A luta de Pi pela sobrevivência ao lado de animais perigosos e sobre um imenso oceano é de uma força poucas vezes vista na literatura mundial.


Vi o filme em uma aula de Produção Textual do meu colégio. Confesso que achei que seria mais um filme chato, falando da natureza e de Deus, da religião e tudo mais. Admito, o slogan do livro -e filme- ''Acredite No Extraordinário'' não é exagero. Seja o leitor religioso ou não, As Aventuras de Pi é uma história densa e emocional, que atinge o leitor em cheio com a angústia do náufrago, a incrível biologia do filme e os fantásticos efeitos visuais.

''Tem mais uma coisinha, porém, que preciso confessar. Vou lhe contar um segredo: parte de mim estava feliz com a presença de Richard Parker. Parte de mim não queria absolutamente vê-lo morrer, porque se isso acontecesse, eu ficaria sozinho com o desespero, um adversário muito mais assustador que um tigre. Se ainda tinha vontade de viver era graças a Richard Parker. Ele me impedia de ficar pensando demais na minha família e nas trágicas circunstâncias em que me encontrava. Ele me empurrava para continuar vivendo. Eu o odiava por isso, mas, ao mesmo tempo, lhe era extremamente grato. Essa é a pura verdade: sem Richard Parker, hoje eu não estaria vivo para lhe contar a minha história.''

9 comentários:

Ceci Lins - Manguita Rosa disse...

baixei esse filme mas ainda não assisti :/
http://manguitarosa.blogspot.com.br/
beijoos

Moises Gomes disse...

Assisti esse filme no mês passado (eu acho). É muito bom! =)

NOSSO CAPRICHO
apsmass.blogspot.com

Marcelo Junior disse...

Quando lançou no cinema (fa um bom tempo) eu achei que seria um filme chato e nao fui assistir. Quando saiu de cartz e vi que er um bom filme me arrependi. ESPERO SUA VISITA EM http://nateeladopc.blogspot.com

Isabella Araujo disse...

Quero ver esse filme demais. Eu poderia ver no cinema quando estava em cartaz, mas pensei ser chato. Mas depois percebi o quão único e legal era o filme... "/
Aliás, amei demais seu blog. O layout é perfeito e estou "xonada" por tudo aqui. Amei as postagens também, conteúdo único e muito bem escrito...
Estou seguindo aqui, e pode deixar que estarei aqui sempre :)
Acabei de criar um blog, e amaria sua visita por lá. E opiniões são sempre bem vindas, né? rs
Um grande beijos, e tenha uma ótima semana <3
http://blog-splashy.blogspot.com.br/

Denise // Place Lovers disse...

Eu assisti o filme e adorei,e sério vamos falar,pensei que teria mais ação,mas amei

Becky disse...

Tô louca pra ler o livro e ver o filme. *u*
xo,
its-becky.blogspot.com

Dri Ramos disse...

Me lembro quando estava nos cartazes, estava louca para ver. Sem contar no burburinho chato das minhas amigas falando que é maneiro o filme... Que droga! Preciso ver x-x


pinkpimenta.blogspot.com.br/

Thalita † MS disse...

É isso mesmo? É o Oli ali no seu cabeçalho? hahahah *o*
Bom, sobre o post, quando esse filme entrou em cartaz eu fiquei tipo "preciso assistir!!" mas acabou que não deu certo porque ninguém queria ver comigo e enfim. Mas ele parece mesmo ser incrível, qualquer dia vou procurar pra baixar pela net mesmo.

Beijos, MS ♥

Juhh Rabelo disse...

eu achei esse filme lindo!!!

www.meninaperdida.com